Brazil

Selecione a sua localização

Brazil
Qualidade de soldagem em poucas palavras
Qualidade de soldagem em poucas palavras
Technology

Qualidade de soldagem em poucas palavras

Nos últimos 60 anos, a Bosch Rexroth, uma impulsionadora de inovação na indústria mundial de soldagem, encarou repetidamente a tarefa de fazer com que as tecnologias atendam aos requisitos da Fábrica do futuro. E, mais uma vez, atingiu um marco na soldagem por resistência a ponto com o novo controle de soldagem geração PRC7000. Bartosz Korajda, vice-presidente de soldagem por resistência na Bosch Rexroth, explica resumidamente por que ele é tão indispensável e preparado para o futuro em vários setores.

Sr. Korajda, quais desafios a soldagem por resistência apresenta?

A soldagem por resistência segue com a mesma popularidade de sempre no que diz respeito à reprodutibilidade e alta automação no setor automotivo, mas também na indústria de processamento de chapas de metal. Além disso, possibilita articulações de soldagem de alta qualidade. Com tendências persistentes, como construção leve, os processos relacionados a estabilidade e produtividade de processo enfrentam novos desafios continuamente. Além do mais, também é necessário que os sistemas de soldagem se adequem ao mundo de fábricas cada vez mais digitalizadas.

Qual é o diferencial do portfólio da Bosch Rexroth?

Nós nunca paramos de questionar o status quo, portanto, nosso portfólio de soldagem por resistência é bem pensado e preparado para o futuro. Nosso objetivo é possibilitar que nossos clientes tenham vantagens competitivas, e isso só será possível se trabalharem com soluções eficientes e preparadas para o futuro. Nós fazemos isso com interfaces IoT integradas, componentes de hardware movidos por IA e soluções de controle com base na web, entre outros. Os clientes têm a liberdade de montar seus sistemas como uma solução geral com hardware e software ou de comprar apenas os componentes individuais de que precisam.

Nossas soluções versáteis abrangem uma área extensa de casos de aplicação bem distintos, indo desde a pistola pneumática simples com controle constante de corrente ao controle de servopistola integrado com aparelhos de controle de alumínio e aço 2.0. E também estamos em uma posição vantajosa em termos de expansões. Além dos requisitos de IoT mais recentes, como MQTT e OPC UA, nós oferecemos uma gama ampla de Fieldbuses distintos e uma arquitetura de software altamente moderna que pode ser rapidamente expandida para atender a requisitos individuais.

Até que ponto isso segue uma abordagem holística, mas modular?

Nossas soluções seguem um conceito de hardware estritamente modular. Isso se aplica às várias classes de potência, conceitos de arrefecimento e conceitos de alimentação com tensões distintas. Mas nosso conceito de software também é modular para possibilitar respostas rápidas aos novos requisitos do mercado com expansões. Uma grande vantagem que nossos clientes têm é a abordagem "pague apenas por aquilo de que precisa". Nosso sistema de licenciamento possibilita que nossos clientes limitem as compras ao software de que realmente precisam.

A soldagem abrange um espectro amplo. Como é possível atender a todos os requisitos?

É verdade. Por exemplo, as tarefas de soldagem de alumínio e de aço diferem uma da outra. No entanto, os transformadores convertem a potência de saída do aparelho de controle de soldagem com precisão para se adequar à tarefa de soldagem em questão. No estágio de expansão mais recente, o módulo de dados da pistola possibilita a digitalização dos sinais de processo na pistola. Por exemplo, é possível operar pistolas manuais com todos os controles disponíveis sem a necessidade de parametrizar o aparelho de controle. Os dados são armazenados diretamente no módulo da pistola como uma tarefa de soldagem completa e podem ser transmitidos ao sistema de controle com interferência reduzida. Desse modo, mais casos de uso novos são disponibilizados aos clientes, oferecendo mais flexibilidade e economia de custos.

Com o PRC7000, a Bosch Rexroth traz uma nova geração de controle de soldagem ao mercado. Até que ponto ele estabelece novos parâmetros?

A nova geração de controle de soldagem é poderosa e oferece muitas das respostas que a indústria vem buscando. O sistema oferece qualidade máxima em soldagem de aço ou de alumínio. Os aparelhos de controle adaptáveis e a programação flexível possibilitam o processamento fácil de combinações distintas de espessuras de chapas e misturas de materiais. E, por fim, os pontos de solda perfeitos são reproduzíveis. O conector loT integrado também oferece dados estruturados de processamento central, controle de qualidade e gestão de dados de tecnologia, de modo que o PRC7000 está idealmente equipado para os requisitos da Indústria 4.0.

Como, esta solução atende aos requisitos da Fábrica do futuro?

Nós somos o primeiro fornecedor a oferecer MQTT e OPC UA totalmente integrados no sistema de controle. Isso é fundamental para o mapeamento de possíveis novos casos de uso. Outro tópico importante é a disponibilidade de dados, que são usados para o benefício dos clientes. Já implementamos as primeiras aplicações, como o Adaptive Spatter Control, em nosso sistema de controle.

No passado, nos focávamos no setor automotivo. Nesse meio tempo, estamos cada vez mais observando outros mercados, já que nossa nova arquitetura de software possibilita o oferecimento de aplicações clássicas também no mercado de engenharia mecânica.

Quais vantagens os clientes ou usuários obtêm ao optar pelos sistemas de soldagem da Bosch Rexroth?

Nossos sistemas são altamente dimensionáveis. Esse é um grande fator positivo. Os clientes podem escolher entre 15 licenças e configurar as soluções para que atendam às necessidades com o método do futuro que mencionei anteriormente, "pague apenas por aquilo de que precisa".

Uma vantagem importante é o potencial de economia oferecido por aplicações como o Adaptive Spatter Reduction. Os clientes quase sempre têm uma taxa máxima de respingos, que atualmente costuma ser otimizada manualmente. No futuro, será possível fazer esse ajuste com o automatismo Adaptive Spatter Reduction. Os novos processos de aprendizagem, que ocorrem no laboratório, e não na linha de produção, também ajudam a reduzir a mão de obra e os custos.

Por fim, também existem vantagens de qualidade significativas. Com o Controle de servopistola integrado, é possível gravar vários sinais mecânicos, bem como sinais eletrônicos clássicos. Isso facilita o monitoramento de derivações e a detecção e a identificação de variáveis de perturbação. Com o sistema de controle adaptativo, é possível projetar o processo de soldagem especificamente para superar todas as ocorrências de variáveis de perturbação da melhor maneira possível. Com eles, não é apenas possível controlar com sucesso, mas também fazer demonstrações de monitoramento claras e precisas.

Qual é a sua resposta para os requisitos futuros das indústrias-alvo?

A tendência está claramente se direcionando a um aumento nas tarefas de soldagem sofisticadas devido às combinações mistas e diferentes variantes. A experiência necessária se desenvolve simultaneamente, mas isso não se aplica aos usuários de processos de controle e soldagem. No setor automotivo, a variedade de veículos sendo produzidos na mesma linha de produção está aumentando cada vez mais. Tudo isso influencia diretamente o comissionamento e os requisitos de controle e monitoramento.

Para resolver essas tarefas cada vez mais complexas, nosso objetivo é continuamente simplificar o sistema. Nossa missão ao integrar cada vez mais automatismos no sistema é possibilitar que em breve ele seja capaz de se comportar de maneira completamente autônoma. Também estamos cada vez mais incorporando componentes da plataforma Bosch Rexroth ctrlX AUTOMATION nos conceitos. Com todos esses mecanismos e desenvolvimento contínuo, estamos alinhando a tecnologia de soldagem aos requisitos da fábrica do futuro e fortalecendo nossos clientes para novos desafios. É assim que "soldamos" nossas parcerias.

Bartosz Korajda

Autor: Bartosz Korajda
Cargo: Vice-presidente de soldagem de resistência na Bosch Rexroth